Category "Finanças"

Não é só a saúde física que precisa estar em dia, a financeira também é importantíssima! Quando não está tudo em ordem nesse quesito, as preocupações, ansiedade e o estresse podem comprometer o bem-estar, e, consequentemente, a saúde como um todo.

Para quem quer começar a se organizar, a dica é planejamento. Uma planilha de gastos já vai dar um norte do que pode ser cortado ou o que deve ser mantido. De acordo com a matéria da Época Negócios, uma forma simples de identificar os custos é o sistema ABCD:

A de Alimentar: São as despesas essenciais, como alimentos

B de Básico: Custos com água, luz, telefone e aluguel

C de Contornável: Fazem parte os bens e serviços que tornam a vida mais confortável, mas não são estritamente necessários, como TV a cabo;

D de Desnecessário: despesas inúteis, tais como mensalidade de clube que não se frequenta, anuidades de mais cartões do que se usa etc.

Os gastos dos itens D devem ser cortados, do item C repensados e das letras A e B podem ser economizadas, observando as promoções ou evitando longos períodos no banho, por exemplo.

Sabendo identificar os maiores custos e gerando essa economia, seu dinheiro vai render mais!

Fonte: Época Negócios

Controlar os gastos e manter as contas em ordem pode ser um desafio, mas pensando que as dívidas e o descontrole podem gerar ansiedade, preocupações e estresse, separamos algumas dicas do Guia do Bolso para manter a vida financeira em equilíbrio.

A primeira dica é se organizar. Controlar o que se ganha e o que se gasta para conseguir fechar as contas no azul, para isso uma tabela no Excel pode ajudar e já existe um modelo aqui no blog para auxiliar nesse controle.

Usar o cartão de crédito com responsabilidade. Isso quer dizer, pensar antes de comprar e não agir por impulso.

Outra dica importante é manter o padrão de vida abaixo da realidade financeira. Ou seja, viver com menos que o salário pode proporcionar, desta forma será possível poupar o que sobrar para qualquer imprevisto.

Falando em poupar, é preciso primeiro se livrar de dívidas, fazer um plano de pagamento para quitá-las, e aos poucos eliminar todas as pendências.

Finalmente, com todas as contas em dia é hora de criar uma reserva para emergências e investir! É importante separar parte do salário para suprir algumas necessidades que estão fora do planejamento sem ter de recorrer ao cheque especial ou empréstimos. Outra parte pode ser reservada para investir em modalidades que valorizem o dinheiro, de acordo com o perfil de cada um.

Guia do Bolso

Positiva Administradora de Benefícios: Copyrights ©2018