Não é só a saúde física que precisa estar em dia, a financeira também é importantíssima! Quando não está tudo em ordem nesse quesito, as preocupações, ansiedade e o estresse podem comprometer o bem-estar, e, consequentemente, a saúde como um todo.

Para quem quer começar a se organizar, a dica é planejamento. Uma planilha de gastos já vai dar um norte do que pode ser cortado ou o que deve ser mantido. De acordo com a matéria da Época Negócios, uma forma simples de identificar os custos é o sistema ABCD:

A de Alimentar: São as despesas essenciais, como alimentos

B de Básico: Custos com água, luz, telefone e aluguel

C de Contornável: Fazem parte os bens e serviços que tornam a vida mais confortável, mas não são estritamente necessários, como TV a cabo;

D de Desnecessário: despesas inúteis, tais como mensalidade de clube que não se frequenta, anuidades de mais cartões do que se usa etc.

Os gastos dos itens D devem ser cortados, do item C repensados e das letras A e B podem ser economizadas, observando as promoções ou evitando longos períodos no banho, por exemplo.

Sabendo identificar os maiores custos e gerando essa economia, seu dinheiro vai render mais!

Fonte: Época Negócios

Positiva Administradora de Benefícios: Copyrights ©2018