maio

Expor um projeto, apresentar resultados em uma reunião, vender seu negócio ou serviço…

Para todas essas situações será necessário falar em público, seja ele pequeno, formado por uma pessoa, ou para uma plateia. Só de pensar nesse cenário já bate o nervosismo? Então é hora de se preparar para esse desafio. Selecionamos cinco dicas para você se sair bem em situações semelhantes:

– Desenvolva a habilidade: e para isso treinar é fundamental;

– Domine o medo: esse sentimento sempre estará presente, mas é preciso enfrentá-lo;

– Se aperfeiçoe: existem cursos de oratória e de alto impacto para apresentações que podem contribuir para o desenvolvimento dessa técnica;

– O corpo fala: cuidado com os gestos inadequados na hora da apresentação.

– Prepara-se: parece simples, mas ler com atenção o que será dito, escrever os principais pontos e até treinar no espelho vale a pena na fase da preparação!

Depois dessas dicas ficará mais fácil expor ideias, projetos e falar de negócios em público!

Fonte: Portal IBC

Quando se inicia uma dieta ou uma mudança de hábito alimentar, ao pesquisar opções nas prateleiras do supermercado, vemos itens considerados lights, como peito de peru e a bolacha integral, e imaginamos que são saudáveis, certo?

Na verdade, não são! Ao analisar o rótulo desses produtos é possível verificar a presença de conservantes, corantes, excesso de gordura hidrogenada, açúcar e sódio. Todos esses itens podem trazer consequências negativas à saúde. O excesso de glutamato monossódico, presente no peito de peru, por exemplo, está relacionado ao aumento da pressão arterial, resistência à insulina, obesidade, entre outros.

Fique de olho nos rótulos! Dá para saber se o alimento é ultraprocessado pelas informações contidas ali. Confira outros alimentos que integram a lista:

Embutidos (como presunto e peito de peru)

Biscoitos e/ou bolachas integrais

Barra de cereal

Sopa instantânea

Pão de forma light

Suco de caixinha

Chocolate diet

Pipoca para micro-ondas

Farinha láctea

Fonte: Saúde Brasil

Uma boa noite de sono traz diversos benefícios à saúde. Dentre eles, a fixação de aprendizados e de memórias. A nova descoberta de cientistas liderados pelo pesquisador israelense Lior Appelbaum foi publicada no periódico Nature Communications e aponta para mais uma vantagem de dormir bem: a reparação de pedaços fragmentados de DNA.

O estudo analisou os organismos de diversos peixes-zebra e concluiu que quando estavam acordados, a reparação do DNA acontecia, mas os danos ocorriam em ritmo superior ao conserto. Já durante o sono, a restauração compensava a quebra de material.

De acordo com o pesquisador, quando estamos muito cansados, os neurônios acumulam um ‘estrago’, o que dá um sinal ao cérebro para ir dormir para ‘consertar’ o que foi feito. Agora, o próximo passo do estudo é replicar o teste em ratos para saber se isso também se aplica aos mamíferos.

Fonte: Revista Veja

Não é só a saúde física que precisa estar em dia, a financeira também é importantíssima! Quando não está tudo em ordem nesse quesito, as preocupações, ansiedade e o estresse podem comprometer o bem-estar, e, consequentemente, a saúde como um todo.

Para quem quer começar a se organizar, a dica é planejamento. Uma planilha de gastos já vai dar um norte do que pode ser cortado ou o que deve ser mantido. De acordo com a matéria da Época Negócios, uma forma simples de identificar os custos é o sistema ABCD:

A de Alimentar: São as despesas essenciais, como alimentos

B de Básico: Custos com água, luz, telefone e aluguel

C de Contornável: Fazem parte os bens e serviços que tornam a vida mais confortável, mas não são estritamente necessários, como TV a cabo;

D de Desnecessário: despesas inúteis, tais como mensalidade de clube que não se frequenta, anuidades de mais cartões do que se usa etc.

Os gastos dos itens D devem ser cortados, do item C repensados e das letras A e B podem ser economizadas, observando as promoções ou evitando longos períodos no banho, por exemplo.

Sabendo identificar os maiores custos e gerando essa economia, seu dinheiro vai render mais!

Fonte: Época Negócios

Positiva Administradora de Benefícios: Copyrights ©2018